Conheça o público alvo do trabalho com a LTF – Liberação Tecidual Funcional®

OPrimeiro con­tato da dra. Mariane com a ci­rur­gia plás­tica foi em 1993, e na oca­sião, sem ne­nhuma ex­pe­ri­ên­cia, fa­zia mas­sa­gens como tra­ta­mento.

Em 1995 ela en­trou na fa­cul­dade de Fisioterapia bus­cando um di­fe­ren­cial para seus aten­di­men­tos e desde en­tão, se de­dico a es­tu­dar e a me atu­a­li­zar den­tro dos con­cei­tos téc­ni­cos e éti­cos da pro­fis­são, para ofe­re­cer sem­pre o me­lhor ao seu pú­blico.

O tra­ba­lho é to­tal­mente em­ba­sado den­tro das di­re­tri­zes de abor­da­gem te­ra­pêu­tica da Fisioterapia. Dra Mariane é uma pro­fis­si­o­nal re­gis­trada em seu con­se­lho, fez um ju­ra­mento que leva muito a sé­rio sua pro­fis­são e a res­pon­sa­bi­li­dade em usar seu tí­tulo de FISIOTERAPEUTA.

Honrar seu ju­ra­mento e o có­digo de ética, que diz que é pre­ciso uti­li­zar to­dos os co­nhe­ci­men­tos técnico-científicos dis­po­ní­veis e aprimorá-los con­tí­nua e per­ma­nen­te­mente, para pro­mo­ver a saúde e pre­ve­nir con­di­ções que im­pli­quem em perda da qua­li­dade da vida do ser hu­mano.

E ainda, o có­digo de ética proíbe re­co­men­dar, pres­cre­ver e exe­cu­tar tra­ta­mento ou nele co­la­bo­rar, quando: des­ne­ces­sá­rio; proi­bido por lei ou pela ética pro­fis­si­o­nal; aten­ta­tó­rio à mo­ral ou à saúde do cliente/paciente/usuário.

A pro­posta te­ra­pêu­tica que uti­li­za­mos sem­pre parte de uma ava­li­a­ção clí­nica pre­sen­cial.
As con­du­tas es­tão res­pal­da­das ci­en­ti­fi­ca­mente e não uti­li­za­mos re­cur­sos que pos­sam pre­ju­di­car os pa­ci­en­tes. Todas as pro­pos­tas par­tem de uma in­di­ca­ção in­di­vi­du­a­li­zada, sem­pre com um ob­je­tivo te­ra­pêu­tico a ser al­can­çado.

Esta é nossa forma de tra­ba­lhar.
Oferecemos este tra­ba­lho aos pa­ci­en­tes e ci­rur­giões que bus­cam um ser­viço di­fe­ren­ci­ado, fo­cado na ob­ten­ção de re­sul­ta­dos.

Todo esse tra­ba­lho desde a fa­cul­dade, pas­sando pelo mes­trado em um la­bo­ra­tó­rio de Reparo Tecidual, os di­ver­sos cur­sos de for­ma­ção em te­ra­pia ma­nual or­to­pé­dica e a vi­vên­cia clí­nica de mais de 20 anos, per­mi­tem a dra. Mariane a en­si­nar so­bre o tema. Uma de suas mai­o­res ale­grias é le­var seus es­tu­dos e prá­tica clí­nica aos co­le­gas fi­si­o­te­ra­peu­tas que têm o mesmo ideal: ofe­re­cer Fisioterapia de re­sul­ta­dos. Esse é o pú­blico de alu­nos, os que que­rem o di­fe­ren­cial, a Fisioterapia – ci­ên­cia do mo­vi­mento e da fun­ci­o­na­li­dade – apli­cada aos seus pa­ci­en­tes, em toda sua ple­ni­tude.

E como nosso có­digo de ética tam­bém me proíbe de con­cor­rer, de qual­quer modo para que ou­trem exerça ile­gal­mente ati­vi­dade pró­pria do fi­si­o­te­ra­peuta, os cur­sos são ex­clu­si­vos ao pro­fis­si­o­nal fi­si­o­te­ra­peuta, po­rém, se este fi­si­o­te­ra­peuta in­fringe a ética en­si­nando a ou­trem ati­vi­dade pró­pria da Fisioterapia, este pro­fis­si­o­nal não será aceito em ne­nhuma hi­pó­tese.

Para você que quer Fisioterapia es­pe­ci­a­li­zada, oti­mi­za­ção de re­sul­ta­dos, pre­ven­ção de com­pli­ca­ções e de­vo­lu­ção de fun­ci­o­na­li­dade, te­mos um con­vite para você: Vem com a gente!